Weby shortcut

Ementa: Toxicologia Clínica Aplicada à Medicina Veterinária

Atualizado em 03/07/17 09:48.

Disciplina: Toxicologia Clínica Aplicada à Medicina Veterinária

Coordenador: Paulo Henrique Jorge da Cunha

Participantes: Maria Clorinda Soares Fioravanti, Nathalie de Lourdes Souza Dewulf, Roberta Dias da Silva 

EMENTA: A Toxicologia Veterinária é uma área do conhecimento científico que necessita de amplos conhecimentos teóricos e práticos por parte do profissional médico veterinário toxicologista. Sendo que, em muitas situações a toxicologia veterinária é empregada de forma emergencial em quadros de intoxicação acidental em animais. Em alguns casos, o clínico veterinário só se depara com a importância da toxicologia como ciência aplicada quando está diante de pacientes que desafiam a rotina prática. Por isso, este profissional deve conhecer o potencial que determinadas substâncias têm de provocar efeitos nocivos, bem como as circunstâncias que podem favorecer a ocorrência de envenenamentos. Além disso, esse profissional deve identificar os sinais clínicos que as substâncias tóxicas podem induzir, os métodos de diagnósticos empregados na confirmação da intoxicação e as medidas terapêuticas apropriadas e as estratégias de educação e prevenção. A avaliação dos sinais clínicos manifestados pelo animal durante a anamnese corrobora na identificação do agente tóxico e na definição da conduta terapêutica. Sendo que, dentre os agentes tóxicos mais comuns em pequenos animais tem se destaque: os medicamentos (principalmente os anti-inflamatórios não esteroidais - AINES, o paracetamol e psicotrópicos), os pesticidas, plantas tóxicas (ornamentais) e fitoterápicas, micotoxinas, minerais  e metais inorgânicos e acidentes com animais peçonhentos e/ou venenosos.

OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Objetivo Geral: Fornecer aos discentes embasamento teórico e prático sobre as principais intoxicações e envenenamento que ocorrem na Medicina Veterinária tornando-os aptos a diagnosticar, tratar e controlar na sua vida profissional, as ocorrências de rotina clínica toxicológica em animais.

Objetivos Específicos: 

  • Abordar os conceitos gerais de toxicologia – toxicocinética e dose letal.
  • Estudar as principais classes de substancias tóxicas de interesse veterinário (medicamentos, pesticidas, plantas tóxicas e toxinas fúngicas e animais), abordando os principais sistemas orgânicos atingidos por classe de substâncias nos pequenos animais.
  • Metodologias de diagnóstico para a confirmação do agente tóxico
  • Principais condutas terapêuticas
  • Ações de prevenção e educação.

  

PROGRAMAÇÃO TEÓRICA-PRATICA DA DISCIPLINA

HORAS PREVISTAS

Introdução à Toxicologia Veterinária.

Intoxicação medicamentosa – conceitos de toxicocinética dose letal, concentração letal, curvas toxicológicas e ensaios de intoxicação. Cálculos em toxicologia.

4h

Classes de toxicantes de interesse na medicina veterinária: I. Pesticidas e agrotóxicos. Mecanismos de ação, diagnóstico, tratamento e monitoramento.

4h

Classes de toxicantes de interesse na medicina veterinária:, II. Plantas tóxicas e fitoterápicas, metais e minerais inorgânicos medicamentos. Mecanismos de ação, diagnóstico, tratamento e monitoramento.

4h

Classes de toxicantes de interesse na medicina veterinária: III. Drogas (medicamentos) terapêuticas sujeitas à prescrição, drogas de venda livre e drogas ilícitas e de abuso. Reações adversas, interações e intoxicações.

4h

Classes de toxicantes de interesse na medicina veterinária: IV. Toxinas de origem fúngica (micotoxinas) e animal (animais peçonhentos) de interesse toxicológico

4h

Fatores que influenciam a toxicidade. Análise laboratorial (específico e diferencial) – principais técnicas empregadas no diagnóstico por intoxicação

4h

Atividades práticas de análise laboratorial

Cromatografia de camada delgada, Determinação de meta-hemoglobina, Método de Trinder (salicilatos), Dosagem ferro.

4h

Principais condutas terapêuticas (emergências) direcionadas aos quadros de intoxicação.

Ações de prevenção e educação. Seminários – discussão de casos clínicos.

4h

 

ESTRATÉGIAS DE ENSINO: Aulas expositivas; Leituras programadas; Discussão em pequenos grupos; Apresentação de separatas; Palestras com convidados

RECURSOS DIDÁTICOS: Quadro-negro; Data-show; Textos

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: Os alunos serão avaliados por meio de apresentação de seminários individuais e freqüência no decorrer do curso

BIBLIOGRÁFIA BÁSICA

SPINOSA, H.S.; GORNIAK, S.L.; PALERMO-NETO, J. Toxicologia Aplicada à Medicina Veterinária, 1a. ed. Barueri, Manole, 2008. 942p.

OGA, S. Fundamentos de Toxicologia. São Paulo, Ateneu Editora São Paulo  Ltda., 1996,515p.

GUPTA. R.C. Veterinary Toxicology: Basic and Clinical Priinciples. Elsevier, New York, 1201 p. 2007.

FRIMER, M.;: LAMMLER, G. Farmacologia e Toxicologia Veterinária. 2. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982.

ANDRADE, S.F. Manual de Terapêutica Veterinária. 3a. ed. Editora Roca Ltda. São Paulo, 912p. 2008.

PETERSON, M.E.; TALCOTT, P.A. Small Animal Toxicologu. 2a. ed., Elsevier-Saunders, At. Louis, Missouri (USA), 1190p. 2006.

NOGUEIRA, R.M.B., ANDRADE, S.F. Manual de Toxicologia Veterinária. São Paulo, Editora Roca, 1a;. ed., 336p. 2011.

BLOOD, D.C.; RADOSTITS, O.M.  Clínica Veterinária.  7 ed., Rio de Janeiro, Guanabara, 2007, 1263p.

ALTSCHUL, S.V.R  Drugs and foods from little-known plants.  Cambridge, Harvard University, 1973. 366p.

HOEHNE, F.C.  Plantas e substâncias vegetais tóxicas e medicinais.  Departamento de Botânica do Estado de São Paulo, 1978. 355p.

CARDOSO, J.L.C.; FRANÇA; F.O.S.; WEN, F.H.; MÁLAQUE, C.M.S.; HADDAD JR, V. Animais peçonhentos no Brasil: Biologia, Clínica e Terapêutica dos acidentes. Sarvier, São Paulo, 468p. 2003.